VANDALISMO E TEORIA DO CAOS: SEU APLIQUE NA CONSTRUÇÃO DO ANARQUISMO

rrcaos1
A Teoria do Caos determina que sistemas de alta complexidade modulados a partir de uma condição inicial tornam-se imprevisíveis e instáveis visto a sensibilidade às condições iniciais. Assim, dentro do Caos determinístico os princípios que fundamentam a complexidade da organização de um sistema geram aleatórias formas de expressão do mesmo.

Deste modo é impossível produzir sistema horizontalmente gerido de forma não-coercitiva se a população que irá gerir este sistema não estiver instrumentalizada com modo de pensar científico e a filosofia que sejam no mínimo suficientes para tanto. A sensibilidade às condições iniciais irá gerar aleatoriedades que irão se repetir em escala imprevisível, em outras palavras, não resultando na nova característica desejada.

Se todas as nuances de um sistema complexo o tornam impossível de predizer por base apenas em seus princípios teóricos se faz claro que a aproximação do meio ideal está intrinsecamente ligada ao sucesso da aplicação de qualquer teoria que seja, com o anarquismo não seria diferente.

Chaos-Theory

Dentro dos sistemas humanos o ruído torna-se literalmente ensurdecedor provendo graus de liberdade muito elevados e que levam a total impossibilidade de uma teoria da ordem e hierarquia seja ela qual for, ser posta em prática com sucesso no que diz respeito a grandes populações. Humanos são elementos instáveis e proporcionam graças a isso, condições iniciais aleatorizantes de toda e qualquer ideologia tendendo a seus instintos primatas.

Sendo assim, se faz impossível criar um sistema para humanos que não considere as características primatas de seus componentes fundamentais, do mesmo modo como é impossível ignorar as características do meio físico como determinantes para a aplicabilidade de qualquer teoria postulada que objetive práticas.

Isso pode ser provado através de lógica mas percebemos isto através de nossa intuição de maneira clara, a civilização tende ao caos, e sendo assim é necessário compreender a teoria do funcionamento do caos para de algum modo tentar geri-lo de forma autogestionada.

The_eye_of_Chaos

A verdade é que não fomos feitos para viver de forma ordeira e tampouco em sociedade. Somos primatas selvagens demais para cooperar sem nos matarmos, sem necessitar realizar auto-extermínio e bloquear sentimentos para viver civilizadamente.

Somos macacos e esta é uma generalização aceita por todos que possuem o pensamento científico, assim, ao libertarmo-nos desta ilusão civilizacional e socializante de nossa própria espécie, poderemos resolver as grandes questões que nos causam desconforto e incertezas atualmente pois se referem a sustentabilidade do modo de vida de nossa cultura industrial.

Através da sensibilização das crianças é possível criar as condições iniciais favoráveis para a transformação que buscamos enquanto anarquistas. Não basta que acumulemos os fatos históricos acerca da aplicabilidade da ordem e do sentido da mesma, é necessário relacionar os conhecimentos para que disso possamos gerar as bases necessárias para a aplicação dos fundamentos anarquistas de modo que a aleatoriedade do resultado nos sistemas seja uma oscilação que fuja o mínimo possível dos princípios basais provendo assim estabilidade ao sistema em uma escala perceptível a gerações humanas.

howrd-zinn

As pequenas ações pontuais são motivadoras de cada nova conformação em um sistema em constante alimentação, se fosse percebida sua importância nos macrossistemas as pessoas não deixariam de fazê-las por acreditarem ser algo insignificante. Assim a Teoria do Caos demonstra que o esforço é sempre recompensado com resultado, embora diferentes condições iniciais tendenciem os sistemas a diferentes aleatoriedades.

Aplicando semiótica à complexidade nos sistemas humanos é possível realizar inferências convergentes com situações pontuais na aleatoriedade que vivenciamos. Pequenas mudanças em sistemas dinâmicos provocam grandes mudanças nas macroestruturas.

O movimento da civilização será sempre caótico assim como o movimento da humanidade sempre foi. A linha evolutiva de progresso que buscam divulgar é nada além de uma ilusão visando o controle em nome da ordem e da hierarquia. Assim, na busca por um sistema horizontalmente gerido de forma não-coercitiva os esforços ao incidirem no anarquismo buscam promover esta aleatoriedade em diferentes graus de liberdade relativos aos princípios, coisa que é inevitável na medida em que a individualidade é o próprio motivador do caos.

cha

Assim, quebrar um vidro de um banco ou de um carro, fazer um protesto e levantar sua bandeira, nada disso gera resultados diretos para o anarquismo, mas com certeza gera algum resultado para alguma coisa.

No caso do vandalismo favorece a indústria do vidro, enquanto o protesto favorece a indústria gráfica e têxtil.O vandalismo portanto nunca estará contribuindo para o anarquismo e utilizar-se dele em seu nome talvez seja o exato oposto. De fato, anarquistas que trabalham para vidraceiros ou gráficas não devem de modo algum utilizar-se das causas anarquistas para seus objetivos laborais, será agir de má fé, a recomendação é de que utilizem outros espaços.

Sabendo disso é necessário buscar meios mais inteligentes para atuar pelo anarquismo (se esta for a intenção). Meios estes que favoreçam o próprio anarquismo e não que se utilizem dele para criar resultados dentro da aleatoriedade. Isto só será possível compreendendo as dinâmicas e utilizando-se do conhecimento das variações definidas pelas condições inciais de cada sistema caótico, independente de sua grandeza.

O anarquismo deve ser científico e o(a) anarquista utilizar-se do pensamento científico para disto derivar suas atitudes cotidianas e ações pela causa. A teoria do Caos portanto é uma ferramenta concreta para tornar esta tarefa efetiva.

caosa5

EL GRAXAIM FRACTAL

25-04-2016

UNIVERSO PARALELO – MARTE – ISLÂNDIA

Anúncios

Publicado por

Desalinhada Palavra

Escrevo...

Um comentário em “VANDALISMO E TEORIA DO CAOS: SEU APLIQUE NA CONSTRUÇÃO DO ANARQUISMO”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s